Chocolate é um grande amigo das mulheres

3 de fevereiro de 2021

Chocolate é um grande amigo das mulheres

3 de fevereiro de 2021

3 de fevereiro de 2021



Seja para repor a energia, aliviar o estresse ou simplesmente trazer bem-estar, o chocolate é consumido puro ou em receitas deliciosas. Motivos não faltam para pessoas se declararem apaixonadas e até mesmo chocólatras nos quatro cantos do mundo. Porém, é entre as mulheres que o chocolate faz mais sucesso. Um estudo da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), realizado em parceria com a UFMG e a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), apontou que durante a pandemia houve um aumento do consumo de chocolate entre as mulheres.

Uma outra pesquisa, realizada com cerca de 2 mil pessoas no Reino Unido e publicada no Daily Mail, aponta o amor que as mulheres sentem pelo chocolate. Das entrevistadas, 22% disseram que não viveriam um mês sem chocolate. O mesmo veículo havia publicado anteriormente uma outra pesquisa, realizada com mais de 33 mil mulheres suecas, que descobriu que quanto mais elas comiam chocolate, menor era o risco de derrame. Porém, para as mulheres que ficaram felizes com a notícia, vale dizer que é importante consumir o chocolate com moderação, pois ele é rico em gordura, açúcar e calorias, mas ainda assim, tem seus benefícios.

Benefícios do chocolate à saúde

Queridinho das mulheres que estão de TPM e temido pelas que estão de dieta, o chocolate divide opiniões, mas a verdade é que traz benefícios à saúde. Uma pesquisa recente do Instituto Nacional de Agronomia da França apontou que independente do tipo, o chocolate é rico em vitaminas, polifenóis e antioxidantes. Composto em sua maioria por gorduras e açúcar, o chocolate fornece energia ao organismo, mas também é muito calórico. Apesar disso, ele fornece vitaminas como A, B1, B2, B3 e E, e minerais como magnésio, potássio e fósforo.

Sua composição tem muitas substâncias químicas como, por exemplo, a feniletilamina, conhecida como “hormônio da paixão”, que provoca a sensação de bem-estar. Além disso, a ingestão de chocolate é capaz de estimular a serotonina, um neurotransmissor que atua no cérebro e regula o humor e o apetite, traz a sensação de bem-estar e pode ser muito benéfico no combate à ansiedade e depressão.

O chocolate é feito à base de cacau, que contém compostos fenólicos e que apresentam efeitos antioxidantes e anti-inflamatórios, que ajudam a prevenir doenças cardiovasculares e contribuem para o controle do colesterol, segundo um estudo da UniCEUB, que traz referências também de que o chocolate pode diminuir o risco de doenças crônicas por conta dos polifenóis.

Os benefícios à saúde variam de acordo com o tipo de chocolate: branco, ao leite, ruby, meio amargo ou amargo. As versões amargas e meio amargas têm maior concentração de cacau, sendo menos calóricas e portanto mais benéficas ao organismo.

Comer chocolate alivia a TPM?

Durante o período pré-menstrual, muitas mulheres sentem desconforto como inchaço nas mamas, irritabilidade e cólicas, entre dezenas de outros sintomas. A oscilação hormonal afeta os neurotransmissores e faz com que as mulheres apresentem compulsão por doces, inclusive chocolate, conforme já foi apontado em pesquisas.

O chocolate está entre os alimentos que contribuem para produção de neurotransmissores como a serotonina, conhecida como “hormônio da felicidade”, e a dopamina. Ao ingerir o chocolate, nosso cérebro tem a sensação de ser recompensado, o que promove bem-estar e bom humor, de certa forma, minimizando o desconforto destes sintomas.

Durante o período pré-menstrual também há uma pequena redução nos níveis de magnésio. Com isso, o organismo demanda a necessidade de ingestão de alimentos tais como o chocolate, que contém este mineral.

Posso comer chocolate todo dia?

Aqui no Brasil, mais de 90% dos brasileiros compraram chocolate para consumir em casa, durante a pandemia, segundo apontou uma pesquisa do Instituto Kantar, feita a pedido da Associação Brasileira da Indústria de Chocolates, Amendoim e Balas (ABICAB).

Diante deste aumento do consumo, a pergunta que não quer calar, para quem é apaixonado por chocolate é: “posso comer chocolate todo dia?”. Dentro de uma dieta equilibrada, é possível consumir uma pequena porção diária. “Quando pensamos na frequência ideal do consumo do chocolate, temos que considerar a dieta da pessoa como um todo e também os seus objetivos. O indicado é evitar o consumo excessivo de açúcar. O excesso de qualquer tipo de chocolate é prejudicial à saúde, mas é possível manter o contexto de uma alimentação equilibrada com o consumo entre 10g e 20g por dia, explica Renata Guirau, nutricionista do Oba Hortifruti.

Além da quantidade, é preciso ficar atento ao momento de consumo. É preferível consumir o chocolate na forma de sobremesa, após alguma refeição com outros alimentos. “Quando combinamos o chocolate com o almoço, por exemplo, o doce acaba tendo menor influência em nossa glicemia, quando comparado ao seu consumo isolado”, comenta Renata.

Qual chocolate escolher?

Na hora de escolher um chocolate, prefira as opções com menos açúcar e mais cacau, ou seja, as versões mais amargas. Segundo a nutricionista: “Opções como a Barra de Chocolate Amargo Oba Bem Querer são boas escolhas na hora da compra. E quanto mais amargo, melhor! Pois concentrará maior quantidade de antioxidantes e minerais, e também oferecerá os benefícios do cacau”, explica.

Para quem prefere opções mais doces como Barra de Chocolate ao Leite Oba Bem Querer e Barra de Chocolate com Caramelo Oba Bem Querer, a sugestão é adaptar o paladar aos poucos. Para isso, vale apostar em opções como os chocolates meio amargos, que também fazem parte das opções da linha Oba Bem Querer.

Você adora chocolate? Conte para nós nos comentários. Aproveite e compartilhe este conteúdo com aquela sua amiga que ama chocolate.

Seja para repor a energia, aliviar o estresse ou simplesmente trazer bem-estar, o chocolate é consumido puro ou em receitas deliciosas. Motivos não faltam para pessoas se declararem apaixonadas e até mesmo chocólatras nos quatro cantos do mundo. Porém, é entre as mulheres que o chocolate faz mais sucesso. Um estudo da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), realizado em parceria com a UFMG e a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), apontou que durante a pandemia houve um aumento do consumo de chocolate entre as mulheres.

Uma outra pesquisa, realizada com cerca de 2 mil pessoas no Reino Unido e publicada no Daily Mail, aponta o amor que as mulheres sentem pelo chocolate. Das entrevistadas, 22% disseram que não viveriam um mês sem chocolate. O mesmo veículo havia publicado anteriormente uma outra pesquisa, realizada com mais de 33 mil mulheres suecas, que descobriu que quanto mais elas comiam chocolate, menor era o risco de derrame. Porém, para as mulheres que ficaram felizes com a notícia, vale dizer que é importante consumir o chocolate com moderação, pois ele é rico em gordura, açúcar e calorias, mas ainda assim, tem seus benefícios.

Benefícios do chocolate à saúde

Queridinho das mulheres que estão de TPM e temido pelas que estão de dieta, o chocolate divide opiniões, mas a verdade é que traz benefícios à saúde. Uma pesquisa recente do Instituto Nacional de Agronomia da França apontou que independente do tipo, o chocolate é rico em vitaminas, polifenóis e antioxidantes. Composto em sua maioria por gorduras e açúcar, o chocolate fornece energia ao organismo, mas também é muito calórico. Apesar disso, ele fornece vitaminas como A, B1, B2, B3 e E, e minerais como magnésio, potássio e fósforo.

Sua composição tem muitas substâncias químicas como, por exemplo, a feniletilamina, conhecida como “hormônio da paixão”, que provoca a sensação de bem-estar. Além disso, a ingestão de chocolate é capaz de estimular a serotonina, um neurotransmissor que atua no cérebro e regula o humor e o apetite, traz a sensação de bem-estar e pode ser muito benéfico no combate à ansiedade e depressão.

O chocolate é feito à base de cacau, que contém compostos fenólicos e que apresentam efeitos antioxidantes e anti-inflamatórios, que ajudam a prevenir doenças cardiovasculares e contribuem para o controle do colesterol, segundo um estudo da UniCEUB, que traz referências também de que o chocolate pode diminuir o risco de doenças crônicas por conta dos polifenóis.

Os benefícios à saúde variam de acordo com o tipo de chocolate: branco, ao leite, ruby, meio amargo ou amargo. As versões amargas e meio amargas têm maior concentração de cacau, sendo menos calóricas e portanto mais benéficas ao organismo.

Comer chocolate alivia a TPM?

Durante o período pré-menstrual, muitas mulheres sentem desconforto como inchaço nas mamas, irritabilidade e cólicas, entre dezenas de outros sintomas. A oscilação hormonal afeta os neurotransmissores e faz com que as mulheres apresentem compulsão por doces, inclusive chocolate, conforme já foi apontado em pesquisas.

O chocolate está entre os alimentos que contribuem para produção de neurotransmissores como a serotonina, conhecida como “hormônio da felicidade”, e a dopamina. Ao ingerir o chocolate, nosso cérebro tem a sensação de ser recompensado, o que promove bem-estar e bom humor, de certa forma, minimizando o desconforto destes sintomas.

Durante o período pré-menstrual também há uma pequena redução nos níveis de magnésio. Com isso, o organismo demanda a necessidade de ingestão de alimentos tais como o chocolate, que contém este mineral.

Posso comer chocolate todo dia?

Aqui no Brasil, mais de 90% dos brasileiros compraram chocolate para consumir em casa, durante a pandemia, segundo apontou uma pesquisa do Instituto Kantar, feita a pedido da Associação Brasileira da Indústria de Chocolates, Amendoim e Balas (ABICAB).

Diante deste aumento do consumo, a pergunta que não quer calar, para quem é apaixonado por chocolate é: “posso comer chocolate todo dia?”. Dentro de uma dieta equilibrada, é possível consumir uma pequena porção diária. “Quando pensamos na frequência ideal do consumo do chocolate, temos que considerar a dieta da pessoa como um todo e também os seus objetivos. O indicado é evitar o consumo excessivo de açúcar. O excesso de qualquer tipo de chocolate é prejudicial à saúde, mas é possível manter o contexto de uma alimentação equilibrada com o consumo entre 10g e 20g por dia, explica Renata Guirau, nutricionista do Oba Hortifruti.

Além da quantidade, é preciso ficar atento ao momento de consumo. É preferível consumir o chocolate na forma de sobremesa, após alguma refeição com outros alimentos. “Quando combinamos o chocolate com o almoço, por exemplo, o doce acaba tendo menor influência em nossa glicemia, quando comparado ao seu consumo isolado”, comenta Renata.

Qual chocolate escolher?

Na hora de escolher um chocolate, prefira as opções com menos açúcar e mais cacau, ou seja, as versões mais amargas. Segundo a nutricionista: “Opções como a Barra de Chocolate Amargo Oba Bem Querer são boas escolhas na hora da compra. E quanto mais amargo, melhor! Pois concentrará maior quantidade de antioxidantes e minerais, e também oferecerá os benefícios do cacau”, explica.

Para quem prefere opções mais doces como Barra de Chocolate ao Leite Oba Bem Querer e Barra de Chocolate com Caramelo Oba Bem Querer, a sugestão é adaptar o paladar aos poucos. Para isso, vale apostar em opções como os chocolates meio amargos, que também fazem parte das opções da linha Oba Bem Querer.

Você adora chocolate? Conte para nós nos comentários. Aproveite e compartilhe este conteúdo com aquela sua amiga que ama chocolate.

0 Comentários

Faça um comentário

Relacionadas

Confira mais receitas para você ser o chef na cozinha

Relacionadas

Confira mais receitas para você ser o chef na cozinha

×

O que você está procurando?

×

Política de privacidade - Oba Hortifruti

Do objetivo


A Política de Privacidade possui a finalidade de estabelecer as regras sobre o uso, armazenamento e tratamento dos dados e informações coletadas dos usuários no site www.obahortifruti.com.br


Do armazenamento dos dados e informações


O site desta empresa leva em consideração a importância da privacidade de todos os dados e informações coletados, sendo armazenados em ambiente seguro e somente poderão ser acessados por pessoas qualificadas e autorizadas pelo Grupo Fartura de Hortifrut Ltda. “Oba Hortifruti”.


Nós reconhecemos e garantimos que em hipótese alguma serão divulgados qualquer tipo de dados pessoais enviados a nós, seja por formulário, e-mail, ou qualquer outro meio. Entretanto, o Grupo Fartura de Hortifrut Ltda se exime de quaisquer responsabilidades por quaisquer danos decorrentes de falhas, vírus ou invasões do banco de dados do site, salvo nos casos de dolo ou culpa exclusiva da mesma.


O site Oba Hortifruti somente divulgará as informações pessoais do usuário em razão da lei e/ou ordem judicial.


O usuário é proprietário dos dados e está apto a adicionar, excluir ou modificar quaisquer informações que estiverem ligadas ao seu perfil de usuário no site www.obahortifruti.com.br.


Da finalidade do cadastro

Os dados cadastrados pelo Usuário somente serão utilizados para divulgar produtos, novidades, promoções e concursos, e somente quando essa utilização tiver sido expressamente autorizada pelo usuário no momento do seu cadastro.


Das disposições Gerais


As disposições constantes desta Política de Privacidade poderão ser atualizadas ou modificadas a qualquer momento, sem aviso prévio, cabendo ao Usuário verificá-la sempre que acessar o site.